domingo, 6 de fevereiro de 2011

Cape to Cairo - dez filmes em visionamento

http://www.bfi.org.uk/whatson/node/18372



Após ao longo de mais de um ano ter visionado no ANIM a colecção colonial da Cinemateca Portuguesa, estou em Londres, na mediateca do BFI, a ver a colecção de filmes recentemente organizada no âmbito do projecto "Colonial Films. Moving Images of the British Empire".
É extraordinário como cada colonialismo reclama, de modo idêntico, a sua especificidade e o seu humanismo. Se a excepcionalidade do "modo português de estar no mundo" - que ainda perdura - é um eco nostálgico da propaganda do Estado Novo, que a nossa classe política recicla regularmente (com afirmações sobre o "Dia da Raça" e uma lusofonia paternalista), é agora extraordinário atentar na argumentação do imperialismo britânico. Muito esclarecedor (o atentar nessa argumentação), no mínimo. Maniqueísta (a argumentação), sempre.